Além da diversão: com alvo na economia, projeto de lei propõe mais tempo para shows

Audiência pública discute a importância de eventos culturais para a economia e renda local

O Maranhão possui uma das culturas mais ricas do Brasil, que envolve desde manifestações tradicionais da cultura popular até cenas musicais variadas, como reggae, rock, música eletrônica, forró e outras. Num contexto nacional de crise econômica, os eventos culturais vão além da diversão, sendo oportunidade de trabalho e geração de renda para muitos trabalhadores de diferentes áreas de atuação – desde cabeleireiros e motoristas até vendedores de comida, serviços gerais e, claro, músicos.

Pensando em fortalecer a rede de trabalho e renda dependente de atividades culturais, o deputado estadual Duarte Jr protocolou a Lei dos Festivais, que será discutida nesta terça-feira, 14 de maio, em audiência pública às 14h na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Aberta ao público, a audiência terá a participação de grupos culturais e representantes de trabalhadores de várias áreas, com o objetivo de analisar e debater a Lei dos Festivais. O projeto estabelece que os shows e eventos culturais no Maranhão não tenham tempo limite para serem encerrados, desde que o local do show tenha isolamento acústico, ou seja fora da área urbana, ou tenha interesse social justificado pela autoridade competente. O objetivo é gerar mais emprego e renda para os maranhenses através da cultura, que no Maranhão de fato é oportunidade de trabalho e renda.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support